Itaú e Carlyle discutem "carta conforto"

12/04/2018 - Bancário e Financiamentos

Pouco usuais no Brasil, as cartas conforto foram tema da entrevista de Ronald Herscovici publicada ao Valor Econômico. Comum nos Estados Unidos e Europa, este recurso costuma ser usado no Brasil quando há uma matriz ou controladora internacional em uma das partes envolvidas em uma negociação, afirma Ronald. “Existem vários modelos de carta, que podem conter obrigações ou somente intenções”.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Voltar