CVM cancela registro de 43 empresas e suspende 19

10/04/2018 - Fusões e Aquisições

Em entrevista para coluna Mercado Aberto da Folha de S.Paulo, Carlos Augusto Junqueira comentou sobre o alto índice de cancelamento e suspensão dos registros das empresas incentivadas pela CVM, que não são companhias abertas em sentido estrito, mas são obrigada a divulgar informações periódicas. O especialista destacou que a autarquia deveria ter um processo sancionador paralelo e individual para as companhias canceladas por descumprimento de obrigações relacionadas à divulgação de informações, prevendo ainda que esse tipo de organização vai se extinguir em breve.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Voltar